Novembro Azul

Chegamos ao Novembro Azul e com isso a hora de destacar a importância e cuidado à saúde masculina. Neste mês os exames para o diagnóstico precoce do câncer de próstata serão realizados por diversas entidades, além de ações e eventos com o tema passam a ter mais destaques na mídia. 

Vale ressaltar outras importantes prevenções, como a vacina HPV quadrivalente indicada dos 9 aos 26 anos, que protege contra as verrugas genitais associadas à infecção por quatro subtipos do vírus (6, 11, 16 e 18). 

E também a vacina BCG que imuniza contra a Tuberculose - doença infectocontagiosa consequência do Mycobacterium bovis ou pelo Bacilo de Koch. Ela prejudica  os pulmões, mas há possibilidades de causar infecções nos ossos, rins e meninges ( membranas que envolvem o cérebro).

A BCG pode ser aplicada em qualquer idade, mas é obrigatória para todas as crianças (acima de 2 kg), de preferência aplicada logo após o nascimento ou no primeiro mês de vida.

O movimento Novembro surgiu na Austrália, em 2003, intitulado de Movember - baseado nas comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, no dia 17 de novembro.

O movimento Novembro Azul conta com o apoio de várias entidades não governamentais e no Brasil foi criado pelo Instituto Lado a Lado pela Vida para dissolver o preconceito masculino de ir ao médico e, quando necessário, fazer o exame de toque. 
No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo os dados do Instituto Nacional do Câncer (13.772 casos/ano) a doença representa 28,6% dos casos de câncer no homem (excetuando-se os tumores de pele não melanoma). 
Não é possível prevenir o câncer de próstata, mas o diagnóstico precoce pode diminuir a mortalidade, auxiliando o tratamento chamado de Vigilância Ativa, que consiste no monitoramento periódico da doença. 

Em vários países, o Movember é mais do que uma simples campanha de conscientização. Há reuniões entre os homens com o cultivo de bigodes (ao estilo do personagem Mário Bros), símbolo da campanha, onde são debatidos, além do câncer de próstata, outras doenças como a depressão masculina e os cuidados para  a saúde do homem.

Não espere a terceira idade para fazer o exame. Dados indicam que a doença aumenta bastante após os 50 anos, mas cerca de 40% dos casos são diagnosticados em homens abaixo desta idade.